Confira a 1ª Edição da Revista científica Protagonista

O primeiro número da Protagonista Revista Científica nasceu da obstinação dos membros da Associação Mineira de Pesquisa e Iniciação Científica (AMPIC) em trabalhar pela melhoria da qualidade da educação básica no Brasil.

0
216

A Protagonista inova em valorizar a produção de jovens estudantes da educação básica, e seus professores, que participam de Feiras de Ciências e Mostras Culturais. Destacamos a abrangência do periódico em relação às áreas do conhecimento, pois podem ser publicados trabalhos de todas as áreas (Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Engenharias, Multidisciplinares, Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas e Linguísticas, Letras e Artes). Nesse sentido, a Protagonista é uma vitrine das melhores pesquisas desenvolvidas pelos jovens cientistas!

CONVIDAMOS OS LEITORES A SE ENVOLVEREM NO UNIVERSO DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA DESTACADO NESSE PRIMEIRO NÚMERO DA PROTAGONISTA. ESPERAMOS QUE APRECIEM!

Nessa edição temos sete artigos com temáticas envolvendo a questão social da mulher, saúde, ensino, sustentabilidade e tecnologia. Há dois dos artigos que versam sobre a questão social da mulher no tocante à inclusão e protagonismo e, também, à gravidez na adolescência. O artigo FESTA DAS SOLTEIRONAS: inclusão e protagonismo da mulher analisa a Noite das Solteironas, no município de Barbalha-CE, que ocorre às vésperas da festa de Santo Antônio. A pesquisa apresenta a festa como um espaço de resistência feminina na sociedade patriarcal, afirmando que a mulher se organiza e cria espaços onde ela possa atuar como construtora, e, empoderada, tornar-se protagonista. Já no trabalho PERFIL SOCIAL DAS JOVENS MÃES DO DISTRITO DE AMARANTINA – OURO PRETO os pesquisadores investigam o perfil social das mães e gestantes entre 14 e 25 anos do distrito, buscando compreender as relações existentes entre essas jovens e suas famílias, seus parceiros e o entendimento que possuem sobre métodos contraceptivos, haja vista que a gestação precoce é uma das maiores causas de evasão da principal escola estadual local.

Autores e editoras-chefe da Revista Científica Protagonista durante noite de lançamento da primeira edição que aconteceu na 3ª FEMIC em agosto de 2019.

O tema saúde é abordado em dois artigos, que apresentam experimentos relacionados à risco de intoxicações exógenas e sobre um composto fitoterápico. No trabalho LEVANTAMENTO EPIDEMIOLÓGICO DAS INTOXICAÇÕES EXÓGENAS NO ESTADO DE MINAS GERAIS os pesquisadores investigam as intoxicações exógenas ocorridas no estado entre 2010 e 2014. Entre os resultados alcançados tem-se que a ingestão de medicamentos foi responsável pela maioria dos casos de intoxicação, sendo indicada a necessidade de programas de prevenção para diminuição das intoxicações exógenas. O artigo COMPOSTO BIOATIVO TIROSOL apresenta estudo das propriedades do Tirosol de modo a entender seus benefícios, onde é encontrado e fazer sua extração, divulgando e produzindo um fitoterápico capaz de prevenir doenças como Alzheimer, Parkinson, Cardiovasculares e Câncer, podendo atuar também na prevenção do envelhecimento precoce.

Estudante Gabriela Ester de Oliveira Reis, autora do artigo COMPOSTO BIOATIVO TIROSOL.

Na área de ensino, apresentamos dois artigos que trazem contribuições para o ambiente escolar, sendo um deles voltado para a criação de um facilitador para o ensino de química e matemática e outro voltado para a divulgação dos benefícios do composto Tirosol. No trabalho DA GALALITE ÀS FIGURAS GEOMÉTRICAS: o uso da Química no ensino da Matemática os pesquisadores apresentam um polímero plástico chamado galalite, feito a partir da caseína do leite, sendo utilizado na fabricação de figuras geométricas para um melhor entendimento do conteúdo ensinado nas aulas de Matemática, realizando uma interdisciplinaridade com a Química. O trabalho intitulado COMPOSTO BIOATIVO TIROSOL, apresentado anteriormente, também possui uma interface com o ensino, já que uma parte do projeto se relaciona à divulgação científica, apresentando os benefícios do Tirosol para a comunidade escolar de forma educativa.

Estudante Natália Borges da Silva e sua professora Raquel Helena Alves Campos, ambas autoras do artigo DA GALALITE ÀS FIGURAS GEOMÉTRICAS: o uso da Química no ensino da Matemática.

Por fim, esse número da revista contempla, também, dois artigos sobre sustentabilidade e tecnologia, em que são desenvolvidos produtos tecnológicos sustentáveis, tais como aplicativos e protótipos. O trabalho ECOAPP – PLATAFORMA SUSTENTÁVEL desenvolveu o EcoApp a partir da “Fábrica de Aplicativos”. O aplicativo funciona como uma plataforma educacional sobre sustentabilidade contendo dicas e mapas informando os endereços e as rotas para os locais que realizam a destinação correta dos resíduos. O trabalho AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DAS FIBRAS DE EUCALIPTO NA CONSTRUÇÃO CIVIL: Fabricação de Telhas Fibrocimento tem como foco proporcionar maior conforto térmico a partir da redução da temperatura ambiente por meio da fabricação de telhas de fibrocimento sustentáveis. Os pesquisadores utilizam fibras de eucalipto para fabricar a placa da telha fibrocimento, garantindo resistência à telha.

Estudante Arthur Cunha Pena e sua professora Maísa Gonçalves da Silva, ambos autores do artigo AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DAS FIBRAS DE EUCALIPTO NA CONSTRUÇÃO CIVIL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui