SOmos o que comemos

Ciências da Saúde

ID 431-2020
Anos Iniciais do Ensino Fundamental

4ª FEMIC Júnior

Autores

Anna Clara de Oliveira Dias
Lucas Mariano Oliveira
Beatriz Naves Mendes
Débora Pesso (Orientadora)
Sarah Almeida Moreira (Coorientadora)

Mateus leme, Mg

Colégio inovare

FLIPBOOK do Trabalho

Somos o resultado de tudo que comemos. Se quisermos ter uma boa qualidade de vida, saúde e bem estar precisamos estar atentos aos alimentos que ingerimos diariamente. O Isolamento social teria contribuído para uma mudança alimentar? Vamos descobrir.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="1294" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

O Projeto “Somos o que Comemos, parte II” teve como objetivo estimular que os alunos continuassem a manter uma alimentação balanceada, mesmo em tempos de isolamento social. Dado aos eventos atuais, relacionados ao Novo Corona Vírus, foi recomendado pela Organização Mundial de Saúde que as pessoas mantenham-se em casa e evitem ao máximo as aglomerações a fim de se evitar a propagação do vírus. Desta forma, muitas pessoas estão isoladas em suas casas, principalmente as crianças, pois as escolas estão fechadas. Sendo assim, tornou-se imprescindível tratarmos das questões relacionadas aos alimentos, uma vez que, em casa comemos mais e por vezes sem qualquer controle. Para tanto, trabalhamos com os alunos durante o projeto os diversos tipos de alimentos saudáveis, como frutas, legumes, verduras e grãos, mostrando os benefícios de se alimentar bem e de forma regular, sem exageros ou compulsões. Os alunos fizeram diversas atividades relacionadas aos temas, com uso de textos, imagens, reportagens, vídeos e filmes que abordam o assunto, além de pesquisas com os próprios para conhecimentos dos hábitos alimentares deles e das famílias durante o isolamento social. Concluímos que quando nos alimentamos de forma saudável temos mais disposição e menos risco de desenvolvermos doenças e também hábitos compulsivos. Assim, compreendemos que a alimentação saudável é indispensável a qualquer tempo e que manter o equilíbrio contribui para nosso desenvolvimento de forma geral. Com as constantes preocupações da atualidades vivenciadas em uma época de excepcionalidades, os problemas enfrentados no dia a dia nos levam a uma ansiedade e consequentemente a um desejo de nos alimentarmos sem nos atermos muito para a qualidade dos alimentos. Já se tornou piada nas redes sociais as constantes publicações mencionando um considerável aumento de peso verificados neste momento de pandemia. Agora mais do que nunca a saúde deve ser prioridade. Nossa vida deve ser prioridade.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

11 COMENTÁRIOS

  1. Somos o comemos verdadeiramente. Quantas vidas podem ser salvas através da alimentação saudável?Muitas, inúmeras.
    E sabendo disso a professora e as crianças apresentam este mega projeto.
    Parabéns, vocês brilharam , nota mil para vocês.

  2. Parabéns aos alunos, professores e envolvidos do Colégio Inovare no desenvolvimento deste projeto.

  3. Realmente somos o que comemos!! Excelente projeto ! Parabéns a toda equipe em especial essas crianças que arrasaram!!

  4. Realmente somos o que comemos!! Excelente projeto ! Parabéns a toda equipe em especial essas crianças que arrasaram!!

  5. Nunca se fez tão atual o tema e a importância com o que nos alimentamos. Projeto maravilhoso e de grande contribuição para comunidade em geral.
    Parabéns a todos os envolvidos e em especial a essa turminha Anna Clara, Lucas e Beatriz!!
    Vocês brilharam como sempre!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui