MEMÓRIAS EM PAPEL: ENSAIO FOTOGRÁFICO DA OBRA "PONCIÁ VICÊNCIO", DE CONCEIÇÃO EVARISTO

Linguística, Letras e Artes

ID 017-2020
Professores da educação básica

4ª FEMIC Mais

Autores

Graciele Batista Gonzaga, Thiago Gomes Braga e Elaine Cecília Lima de Oliveira.

betim, MG

Colégio Santa Maria Minas

FLIPBOOK do Trabalho

Nosso projeto educacional possibilitou os estudantes da 3ª série do ensino médio a vivenciar uma transposição literária, materializando trechos da obra “Ponciá Vicêncio”, de Conceição Evaristo em fotografia.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="2098" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

Esta pesquisa surgiu de um desafio de idealizar uma experiência inovadora educacional em literatura e história no Ensino Médio. Essa ação foi criada a partir da necessidade de adequar o desenvolvimento de um projeto de literatura de uma narrativa brasileira, “Ponciá Vicêncio”, de Conceição Evaristo, aos princípios da Base Nacional Curricular Comum (BNCC). Esse trabalho teve como objetivo transpor uma memória narrativa para a arte fotográfica por meio de uma pesquisa dentro da própria obra literária. A partir deste interesse geral, que se relaciona a compreensão do texto literário, emergiram outros objetivos mais específicos, como a materialização da obra literária via olhar poético; o engajamento dos alunos a experimentação literária e a possibilidade de desenvolver a empatia por questões sociais. Para isso, foram usadas metodologias ativas em que os estudantes foram convidados a criar um recorte memorialístico da publicação, após a leitura do texto literário, foram realizados um trabalho de pesquisa bibliográfica dentro da escritura poética, criando, assim, por meio de arte fotográfica, a concretização do fragmento em uma memória em papel. Posteriormente a elaboração de um texto analítico do trecho escolhido e da imagem produzida da história de Ponciá, os professores responsáveis organizaram uma exposição itinerante com intuito de divulgar um trabalho escolar em espaços literários e culturais. Desse modo, atividade idealizada propiciou uma aprendizagem significativa, como também engajou os alunos a envolverem-se com manifestações culturais-artísticas de modo singular e significativo.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui