O CONTO QUE AS CAIXAS CONTAM: TRABALHANDO COM AS NARRATIVAS LITERÁRIAS NA PRÁTICA PEDAGÓGICA

Ciências Humanas

ID 248-2020
Universitários

4ª FEMIC Mais

Autores

Tatiane de Paula Ribeiro

BELO HORIZONTE, MG

Universidade do Estado de Minas Gerais

FLIPBOOK do Trabalho

O Projeto realiza desde de 2017 contações e confecções de caixas de histórias a partir de narrativas pertencentes à literatira infantil e juvenil.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="2107" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

O Projeto de Extensão “O CONTO QUE AS CAIXAS CONTAM: trabalhando com as narrativas literárias na prática pedagógica” realiza, desde 2017, ‘contações’ e confecções de caixas de histórias a partir de contos pertencentes à Literatura Infantil e Juvenil. O objetivo principal é apresentar possibilidades e estratégias para o trabalho com a contação de histórias, na Educação Infantil (EI) e nos anos iniciais do Ensino Fundamental (EF). Para isso, a metodologia engloba três etapas: o estudo e a seleção das narrativas; a produção do material didático, ou seja, a confecção das caixas e, finalmente, as “contações”. Para a construção das caixas, são reutilizados diferentes materiais, ressaltando a importância do respeito ao meio ambiente. As apresentações acontecem de forma lúdica dentro de instituições educacionais, tais como escolas de EI e do EF, assim como em cursos de formação de professores(as). Em 2020, devido à situação de pandemia, o Projeto desenvolveu-se no formato online e, “Os Tesouros de Monifa” foi o livro escolhido para “dar vida” à nova caixa de histórias, uma vez que seu enredo traz temáticas importantes como: a valorização das culturas africanas e o regate das memórias familiares. Escrita por Sônia Rosa no ano de 2009, a caixa com essa narrativa brasileira foi apresentada, pela primeira vez, durante o minicurso ofertado pelo Projeto entre os meses de agosto e setembro, cujo intuito foi oferecer à estudantes e/ou profissionais da educação, orientações técnicas e didáticas-metodológicas de como se trabalhar com a Literatura Infantil e Juvenil dentro e fora da sala de aula. Diante tudo isso, foi possível constatar que o Projeto, no decorrer de seus quatro anos de existência, vem contribuindo cada vez mais, para a formação de novos contadores(as) de histórias, graças à sua metodologia instigante, prática e simples que é capaz de encantar adultos e crianças.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui