OS JOGOS DIGITAIS NO ENSINO

Linguística, Letras e Artes

ID 330-2020
Anos Iniciais do Ensino Fundamental

4ª FEMIC Júnior

Autores

João Victor Alves Albano Trindade
Lorene Morgana Alves Corrêa (Orientadora)
Alessandra Alves da Silva (Coorientadora)

Mateus Leme, MG

Escola Estadual Judith Abreu Oliveira

FLIPBOOK do Trabalho

O presente projeto apresenta a importância do uso do jogo no ensino/aprendizagem, com o avanço da tecnologia necessitamos nos adaptar e acompanhar de perto as principais atividades.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="1407" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

Este projeto surgiu a partir de uma conversa com minha mãe sobre o TDAH (Transtorno Déficit de Atenção e Hiperatividade) e o TOD (Transtorno Opositor Desafiador). O TDAH não está ligado a fatores culturais ou conflitos psicológicos, mas sim em pequenas alterações na região frontal do cérebro, responsável pela inibição do comportamento e do controle da atenção. O diagnóstico, quanto mais precoce, possibilita tratamento adequado e diminuição dos impactos durante a vida. Conviver com pessoas com esses transtornos não é uma tarefa fácil, pois exige muito de toda família e da escola. Como o próprio nome diz “desafiador”, pois manter o sujeito em uma rotina saudável, estimulado em executar as tarefas, obedecer as regras e controlar a impulsividade requer muita firmeza e paciência. Utilizando os jogos de forma adequada é possível otimizar essas rotinas, tendo resultados positivos, tanto na escola como nas relações sociais. O mercado de jogos é um dos que tem mais crescido nos últimos anos, com isso podemos destacar que o jogos educacionais aparecem como o gênero mais lucrativo. As empresas que desenvolvem esses jogos estão cada vez mais evoluindo e adotando tecnologias inovadoras sendo objeto de motivação e facilitador da aprendizagem, pois são jogos com regras e trabalham a vitória e derrota, personagens, objetos, cenários, objetivos que muitas vezes são imperceptíveis e os obstáculos. A tecnologia é parte integrante da vida das crianças de hoje, eles são chamados de “Nativo(a)s Digitais”, com isso, suas atividades devem-se tornar mais lúdico-tecnológicas, facilitando a aprendizagem e experimentando outras maneiras de reinventar o mundo real. De acordo com as pesquisas realizadas pode-se observar que a criança consegue aprender de forma significativa usando os jogos de forma direcionada. Posso concluir que os jogos são de grande importância para a educação. A tecnologia torna – se cada vez mais parte do nosso cotidiano, não deve ser ignorada.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui