PROJETO DE UM PROTÓTIPO PARA MEDIÇÃO DO NÍVEL DE COLESTEROL DE INDIVÍDUOS DE FORMA NÃO INVASIVA POR MEIO DE SENSORES INFRAVERMELHOs

Engenharias

ID 347-2020
Universitários

4ª FEMIC Mais

Autores

Alexia Karoline Xavier Lopes Kattah, Francisco Pinto Moreira Neto, Fernanda Ferreira Tavares e Marcos Alberto Saldanha

DIVINÓPOLIS, MG

Universidade do Estado de Minas Gerais

FLIPBOOK do Trabalho

O presente trabalho trata sobre o projeto e a implementação de um protótipo para medicação não invasiva do nível de colesterol presente no sangue de indivíduos.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="2109" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

A principal causa de mortes em países desenvolvidos são as doenças cardiovasculares. No Brasil, nas últimas duas décadas, essas doenças lideraram as causas de mortalidade. Essas doenças podem ser detectadas por meio de exames sanguíneos, que podem ser invasivos ou não invasivos. No método invasivo, a amostra de sangue a ser retirada do corpo do indivíduo é realizada por meio de técnicas como imunoensaios e ensaios cromatográficos. Essas técnicas possuem desvantagens como o risco de infecção e desconforto do paciente. Para os métodos não invasivos existem sistemas como de espectroscopia de infravermelho próximo. Esses métodos possibilitam a medição do comprimento de onda e a intensidade da absorção de luz infravermelha de uma amostra de sangue. Diante desse cenário, o presente projeto possui por objetivo a mensuração do nível do colesterol de indivíduos de forma não invasiva. Para isso, foi necessário determinar o espectro do comprimento de ondas dos tipos de colesteróis e também de um sensor eletrônico capaz de identificar esses espectros. Feito isso foi realizada a etapa de projeto e simulação do protótipo para medição do colesterol de indivíduos. O princípio de funcionamento desse equipamento consistiu em emitir um feixe de luz infravermelha, que atravessa uma parte do corpo do indivíduo, e atinge um receptor. A radiação captada por meio do receptor sofre alterações ao interagir com as substâncias do corpo humano. A análise dessa radiação será realizada por meio das saídas geradas no sensor e de uma plataforma Arduino. Por meio dessa análise pode-se estimar a concentração dos tipos de colesterol presentes na corrente sanguínea. Os circuitos simulados possibilitaram ampliar os sinais provenientes do sensor, o que possibilitará uma melhor análise dos mesmos. Também foi desenvolvido o projeto 3D no equipamento medidor de colesterol. O projeto ainda está em fase de desenvolvimento, sendo assim, necessário a obtenção de mais resultados para validação do projeto.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui