NANOPARTÍCULA DE PRATA EM FAVOR DA SAÚDE, ALTERNATIVA AO COMBATE A MICRORGANISMOS

Ciências da Saúde

ID 266-2020
Anos Finais do Ensino Fundamental

4ª FEMIC Jovem

Autores

Cellina Landim Gonçalves Afonso, Sophia Bessa Silva, Hedilton Moreira de Araujo (Orientador), Rosimary Landim Gonçalves Afonso (Coorientadora)

Fortaleza, CE

Colégio Militar do Corpo de Bombeiros

FLIPBOOK do Trabalho

Neste trabalho NANOPARTÍCULAS de prata foram sintetizada como alternativa ao combate a microrganismo método eficiente, seguro e com menor risco de gerar resistência. Para isso usamos a síntese verde que é ecológica, sustentável e tecnológica.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="2060" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

De uma maneira cada vez mais usual as nanopartículas tem sido testada pelos cientistas do mundo inteiro, nesse trabalho o tema gerador é a saúde e a importância de se produzir novos materiais alternativo ao combate a microrganismo e que sejam eficientes, seguros e com menor risco de gerar resistência. Foi usado um material biológico, para garantir a segurança e estimular a via ecológica, sustentável e tecnológica, nesse caso: a síntese verde a partir da Ilex paraguariensi (erva-mate). . O objetivo geral do trabalho foi o de sintetizar e testar a eficiência de nanopartículas de prata sintetizadas. A preparação do material nanoparticulado foi realizado em uma única etapa e os valores de pH foram ajustados conforme a necessidade. Para os testes foi utilizado uma preparação de cultura de bactérias não patogênicas em placas de petri e utilizando como meio de cultura o nutriente agar, as amostras foram coletadas em: maçaneta de porta, banheiros, pia de cozinha, notebook e mãos (sujas e limpas) Nos testes microbiológicos foi realizada a contagem das unidades formadoras de colônia por mililitro (UFC/mL) nas metades da placas de Petri onde as nanopartículas foram depositadas. Foram realizados também testes comparativos com produtos de limpeza de uso doméstico e como resultado final da pesquisa notou-se em todas as amostras um subdesenvolvimento de bactérias heterotróficas no meio de cultura com o nanoparticulado. O uso de nanopartículas de prata tem se tornado tão promissor que atualmente está sendo testado em material sanitizante, confecção de vestimentas para profissionais de saúde e máscaras para prevenção ao covid-19.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns pela contribuição na área da saúde. Sigam em frente, para que a pesquisa, atinja um público maior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui