EXPRESSÃO GÊNICA EM NEOPLASIAS DE CÓLON A PARTIR DA ANÁLISE DE BANCO DE DADOS MOLECULARES

Ciências da Saúde

ID 287-2020
Anos Finais do Ensino Fundamental

4ª FEMIC Jovem

Autores

Dimitria S Rogato, Clarissa Scolastici Basso (Orientadora)

Jundiaí, SP

Colégio Degraus

FLIPBOOK do Trabalho

O presente estudo trata de uma análise de banco de dados moleculares para a avaliação dos genes mais frequentemente alterados em neoplasia de cólon focando em controle de ciclo celular e fatores caquéticos.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="2063" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

O câncer de intestino abrange os tumores que se iniciam na parte do intestino grosso chamada cólon e no reto (final do intestino, imediatamente antes do ânus) e ânus. É tratável e, na maioria dos casos, curável, ao ser detectado precocemente, quando ainda não se espalhou para outros órgãos. o. Os genes mais afetados no câncer de cólon são genes relacionados ao controle de ciclo celular, de reparo ou fatores caquéticos. O objetivo do presente estudo foi avaliar quais os genes mais comumente alterados em neoplasias de cólon a partir da análise de dados de bancos moleculares. A partir de análise de dados nos portais The Cancer Genome Atlas Program (TCGA) e The Genotype-Tissue Expression (GTEx), foi realizada a comparação da expressão gênica em amostras de tecidos neoplásicos e normais de cólon. Foram obtidos os perfis de expressão gênica de 350 amostras de câncer de cólon e tecidos normais correspondentes (TCGA e GTEx). Diferenças entre expressões gênicas entre tecido neoplásicos e normais de cólon foram observadas para os genes TP53, MSH2, APC e SMAD4. O genes TP53 e MSH2 tem funções relacionadas ao reparo de DNA. O gene APC e SMAD4 atuam como supressores tumoral . A análise de fatores caquéticos conhecidos mostrou alteração de expressão nos genes CXCL8 e TNFα em adenocarcinomas. O gene CXCL8 é o principal mediador da resposta imune inata e frequentemente associado a perda de peso do cancer gástrico e pancreático. Já o TNFα, Fator de Necrose Tumoral Alfa, refere-se a um grupo de citocinas capaz de provocar a morte de células (apoptose) tumorais e que possuem uma vasta gama de ações pró-inflamatórias e sua expressão também está associada a. Desse modo, podemos concluir que neoplasias de cólon apresentam expressão alterada de genes relacionados ao controle do ciclo celular, reparo e caquexia. O conhecimento da assinatura molecular dos tumores é fundamental para a condução do tratamento e adoção de estratégias clínicas para a prevenção da caquexia nesses pacientes.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui