ESTEIRA PROPRIOCEPTIVA SENSORIZADA PARA CÃES

Engenharias

ID 337-2020
Anos Finais do Ensino Fundamental Ensino Médio/Técnico

4ª FEMIC Jovem

Autores

Isadora Luísa Scheffler Kortz
Eduarda Schmachtenberg Farias
Julio Cesar Volmann Machado (Orientador)
Ricardo Luis Longo Dias (Coorientador)

Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul

Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha

FLIPBOOK do Trabalho

O projeto consiste no desenvolvimento de uma esteira com materiais proprioceptivos, visando o aumento da sensibilidade dos coxins de cães, que perderam os movimentos das patas por causa da hérnia de disco, através da caminhada.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="1831" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

O projeto consiste no desenvolvimento de esteira proprioceptiva. Propriocepção é capacidade em reconhecer a localização espacial do corpo. Através de pesquisas sobre fisioterapia em cães, foi possível concluir que os equipamentos existentes tem preços exorbitantes e suas tecnologias são pouco desenvolvidas. O projeto tem como objetivo principal a confecção da esteira com uma qualidade superior e custo inferior aos já existentes e que irá auxiliar na recuperação da sensibilidade dos coxins e da caminhada de cães que sofrem com hérnia de disco. Iniciou-se com uma pesquisa com veterinários da área de fisioterapia para identificar os principais problemas existentes nos tratamentos. Ao definir a ideia, foi iniciada a pesquisa bibliográfica sobre como seria possível realizá-la. Em seguida foi feita a escolha dos materiais proprioceptivos, a grama sintética e o tapete moeda, e construção da estrutura da esteira. Para maior segurança foi feito um suporte de PVC para LDR’s, e para uma faixa elástica que sustentará cães que apresentem dificuldades de manterem-se sobre as quatro patas. Dois dos três LDR’s são para controle de velocidade, aumentando e diminuindo, o terceiro tem a função de emergência que paralisará e irá emitir um sinal sonoro através do buzzer quando a esteira estiver em funcionamento. Os LDR’s são ativados quando o feixe de luz produzido por um diodo laser é interrompido, sinalizando a presença do animal no local. Foi utilizado um motor de 24V e para o controle de sua velocidade é usado um driver PWM conectado ao Arduino. Foram realizados diversos testes eletrônicos que apresentaram respostas muito satisfatórias, com o circuito e programação final agindo de forma desejada. Pode-se concluir que o projeto é economicamente viável, comparado a esteira comum de manta lisa para cães existentes no mercado. E o resultado final sobre a propriocepção e sua eficácia já foram comprovados em livros e trabalhos acadêmicos de médicos veterinários.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui