ESTIMULANDO O PENSAMENTO COMPUTACIONAL NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Ciências Exatas e da Terra

ID 444-2020
Anos Finais do Ensino Fundamental Ensino Médio/Técnico

4ª FEMIC Jovem

Autores

Laura de Araújo Rodrigues
Nataly de Souza Cunha
Styves Barros Miranda
Luanna Azevedo Cruz (Orientadora)

Seabra, Bahia

Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Bahia Campus Seabra

FLIPBOOK do Trabalho

O projeto PeCOM tem como objetivo desenvolver o letramento digital e raciocínio lógico através do Pensamento Computacional, para os estudantes das escolas de Seabra e região, a partir da realização de oficinas com uso de jogos e ferramentas digitais.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="1750" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

O Pensamento Computacional consiste em um método de solucionar problemas a partir do uso de técnicas e fundamentos da Computação. Ele auxilia na construção da autonomia e criatividade, aprimora a capacidade interpretativa individual, permite maior apropriação de tecnologias e obtenção de competências para a era digital, e contribui no processo de ensino e aprendizagem. Apesar de ser um termo recente, vem sendo considerado como um dos pilares fundamentais do intelecto humano, juntamente com a leitura, escrita e aritmética. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é desenvolver os fundamentos e práticas relacionadas ao Pensamento Computacional, a partir da oferta de oficinas para estudantes do 9º ano do ensino fundamental e 1º ano do ensino médio das escolas de Seabra e região. A proposta será desenvolvida pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Bahia, campus Seabra, de forma remota. Para isso, os passos metodológicos envolvem a realização de seis etapas: levantamento bibliográfico acerca da temática; planejamento da oficina sobre Pensamento Computacional com definição de recursos e ferramentas a serem utilizados, bem como preparação do ambiente de aprendizagem Moodle; realização da oficina “Estimulando o Pensamento Computacional” com oferta de duas turmas e uso das ferramentas de experimentação Code.org e Scratch; análise das atividades realizadas nas oficinas; avaliação das oficinas por meio de questionários; produção de material audiovisual a respeito da temática Pensamento Computacional. Como resultados espera-se que os estudantes compreendam os conceitos e práticas, consigam aplicar os fundamentos do Pensamento Computacional na resolução de problemas e na realização de suas atividades diárias, e desenvolvam habilidades relacionadas à construção de algoritmos. Dessa forma, verifica-se a importância da inserção do Pensamento Computacional nos mais diversos ambientes escolares, contribuindo com o processo educativo e formativo dos estudantes.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui