AVALIAÇÃO DO IMPACTO DE UMA EDIFICAÇÃO CONVENCIONAL NO MEIO AMBIENTE

Engenharias

ID 362-2020
Anos Finais do Ensino Fundamental

4ª FEMIC Jovem

Autores

Fabricio Nunes de Oliveira, Frederico Pires Ferreira, Gabriel Gonzaga Vaz, João Erivaldo Belo (Orientador), Maísa Gonçalves da Silva (Coorientadora)

Uberlândia, MG

Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia

FLIPBOOK do Trabalho

Atualmente, devido à urbanização, à industrialização, ao desenvolvimento tecnológico, ao uso inconsciente de recursos, a demanda de recursos naturais é muito alta, e sabendo que esses recursos são limitados isso te torna uma situação preocupante.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="1893" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

Atualmente, devido à urbanização, à industrialização, ao desenvolvimento tecnológico, ao uso inconsciente de recursos, a demanda de recursos naturais é muito alta, e sabendo que esses recursos são limitados isso te torna uma situação preocupante. A pesquisa é realizada por alunos dos anos finais do ensino fundamental da Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia por meio de pesquisas bibliográficos em trabalhos, disponíveis na web, como trabalhos científicos publicados em anais e revistas acadêmicas, trabalhos de conclusão de curso, dissertações, teses, e-books e sites. O ciclo de vida de uma edificação é dividido em quatro fases: planejamento, construção, uso e demolição. O objetivo da pesquisa é verificar como a fase de uso pode causar impactos ao meio ambiente e precisa ser considerada como uma das principais contribuintes, assim como a fase de construção e demolição. Com isso, orientamos a pesquisa a partir da questão: “como um edifício já construído, ou seja, em sua terceira fase do ciclo de vida, pode causar impactos ao meio ambiente?”. Quando tratamos sobre da fase de uso de uma edificação, tratamos também sobre as manutenções que ocorrem durante esta fase, e seja ela simples ou intensa, exige o uso de matéria prima, água, energia, causam a produção de fluídos, poluição sonora, o descarte incorreto de materiais líquidos e sólidos rejeitados que impactam o solo e aterros sanitários, evidenciando o mal uso de matéria prima. Acreditamos que a pesquisa é relevante para a sociedade em geral, sendo um meio de conscientização em relação ao uso de recursos naturais, fundamentais para a sobrevivência, desperdício excessivo de materiais e planejamento de futuras construções, podendo assim não comprometer as futuras gerações em satisfazer suas necessidades e garantir qualidade de vida.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui