ROBÓTICA EDUCACIONAL: ANÁLISE DAS EXPERIÊNCIAS DE APRENDIZAGEM NA ESCOLA MUNICIPAL DOUTOR RODOLFO AURELIANO

Ciências Humanas

ID 405-2020
Anos Finais do Ensino Fundamental

4ª FEMIC Jovem

Autores

Helion Stênio Barbosa Filho, Sávio Rikelme Ferreira do Nascimento, Pedro Ramalho Neto (Orientador)

Recife, PE

Escola Municipal Doutor Rodolfo Aureliano

FLIPBOOK do Trabalho

Venha conhecer um pouco das experiências de aprendizagens do Clube de Robótica da nossa escola que será o ponto de partida para novos projetos.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="1925" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

Este projeto é sobre a dinâmica do Clube de Robótica da Escola Municipal Doutor Rodolfo Aureliano, suas experiências exitosas e dados sobre o perfil do aluno que teve contato com a robótica educacional nas séries finais. Também pretende investigar se as ações desenvolvidas em equipe tem gerado impacto significativo em outras atividades do contexto escolar. Com relação aos objetivos pretende-se analisar quais os fatores que contribuem para uma aprendizagem mais efetiva do participante do Clube de Robótica e traçar o perfil do estudante que tem acesso à robótica nas séries finais e sua relação com a aprendizagem das disciplinas da escola. Quanto aos aspectos metodológicos, o trabalho partiu de uma conversa sobre a percepção dos alunos antes e depois dos trabalhos em equipe desenvolvidos no curso de Introdução à Robótica na escola. Foi necessário conhecer todo o planejamento desde a seleção dos alunos para o Clube em sua parte prática e o trabalho do professor em sala de aula com a parte teórica fazendo a interdisciplinaridade com as demais disciplinas, assim como, as competições. Após esse contexto elaboramos um questionário para ser aplicado através do Google Docs com os alunos que participaram simultaneamente das vivências prática e teórica da robótica educacional. E, por último, fizemos a análise dos dados coletados. A análise inicial dos dados nos mostra uma disparidade entre a quantidade de meninos que é de 78,1% e de meninas que somam apenas 21,9%. Um resultado que já nos leva a pensar num trabalho de aproximação das garotas com a robótica. Outro dado significativo foi que 96,9% dos estudantes pesquisados sentiram que a sua participação no Clube melhorou o rendimento nas disciplinas da grade escolar. A pesquisa revela ainda que na percepção dos alunos, a vivência no Clube de Robótica gerou melhores resultados quanto à concentração para realização de tarefas, mais harmonia nas atividades em grupo, bem como, mudanças de atitudes no âmbito escolar.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui