DESENVOLVENDO PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E POSSIBILITANDO NOVOS OLHARES SOBRE O CONTINENTE AFRICANO UTILIZANDO MATERIAIS AUDIOVISUAIS DISPONIBILIZADOS EM M

Ciências Humanas

ID 132-2020
Ensino Médio/Técnico

4ª FEMIC Jovem

Autores

Thamara da Silva dos Reis, Rayane Aguiar dos Santos, Roney Staianov Caum (orientador), Ester de Souza Menezes (coorientadora)

Monte Mor, SP

Etec de Monte Mor

FLIPBOOK do Trabalho

Foi desenvolvido materiais audiovisuais, sobre a diversidade do continente africano, através de redes sociais como o Youtube e Instagram com o título “África Novos Olhares” como uma opção para transmitir informações para professores e estudante.

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="1938" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

O projeto se desenvolve em torno do aprendizado da cultura afro-brasileira e africana nas escolas, que de certa forma ganha uma menor importância do que outros conteúdos, contribuindo para que perpetue uma visão errônea sobre a cultura. Através de pesquisa teórica, entrevistas com educadores e de aplicação de questionário, ficou confirmado que há uma visão estereotipada e preconceituosa a respeito do continente e de sua população, mesmo que exista a lei 10639/03, que marca obrigatoriedade do estudo dessa temática em escolas que tenham ensino fundamental e médio, a abordagem é superficial. A relação mais comum que as pessoas fazem sobre África está ligada a escravidão, a pobreza, guerras, fome, desnutrição e doenças; isto se deve uma apresentação do continente feita a partir da ótica do colonizador branco e à falta de informações mais atualizadas. A África possui umas das maiores diversidades culturais do planeta, que por sua vez reflete as mais de mil línguas diferentes existentes no continente em algumas regiões. Apesar da sua grande diversidade de população que possuem uma grande miscigenação, mesmo assim ainda recai preconceito sobre o continente. Contudo, é necessário ir além de tais assuntos tratados, que mostram a África de uma forma pejorativa, discutindo e apresentando novas possibilidades que também são uma forma de contribuir para uma educação antirracista. Sendo assim foi desenvolvido materiais audiovisuais, sobre a diversidade do continente africano, através de redes sociais como o Youtube e Instagram com o título “África Novos Olhares” como uma opção para transmitir informações para professores e estudante.

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui