Etimologia das principais expressões regionais populares de Miraí/MG

Linguística, Letras e Artes

ID 224-2020
Ensino Médio/Técnico

4ª FEMIC Jovem

Autores

Priscila Aparecida Brito, Istéfane Flauzino Mendes, Ricardo Silveira Lopes (orientador), Renata Capobiango (coorientador)

Miraí, MG

escola estadual Santo Antônio

FLIPBOOK do Trabalho

Nós estamos aqui para apresentar para vocês um pouco das expressões e suas origens, no quais usamos em nossa cidade e região no dia a dia Até porque quem não fala ou já falou alguma expressão popular e não sabia sua origem, não é mesmo?!

[3d-flip-book mode="fullscreen" id="1954" ][/3d-flip-book]

REsumo Científico

O projeto iniciou pelo interesse em descobrir sobre a variação do uso das expressões regionais de acordo com a faixa etária, grau de instrução e localidade da cidade de Miraí/MG. A pesquisa fala sobre a etimologia como uma disciplina que investiga a origem das palavras e expressões. Ela mostra, tipicamente, que há continuidade entre a forma e o sentido que as palavras têm hoje, e a forma e o sentido que apresentavam em fases mais antigas da língua. Essa análise etimológica das palavras é uma espécie de arqueologia dos significados, que vai esbarrar fatalmente numa limitação intrínseca do próprio material linguístico, limitação que deverá ser levada em conta por todos que recorrem a esse tipo de análise. O objetivo então foi identificar as principais expressões populares usadas na cidade de Miraí/MG e região, levando em conta as faixas etárias (até 14 anos,16-18 anos,19-25 anos, 26-35 anos, 36-45 anos, 46-60 anos e acima de 60 anos), o grau de instrução ( ensino fundamental I, ensino fundamental II, ensino médio e ensino superior) e a localidade (zona urbana e zona rural). Além disso, demonstrar a etimologia e expor os resultados do questionário aplicado na comunidade, sendo que para isso foram realizadas pesquisas bibliográficas, consultando os diversos autores que exploram essa problemática. Posteriormente, foram selecionadas as expressões que seriam o objeto de estudo sendo que as escolhidas foram: “Jiripoca vai piar”, “marmelada”, “casa da mãe Joana”, “botar a mão no fogo”, “puxa saco”, “fazer uma vaquinha”, “rodar a baiana” e “amigo da onça”. A seguir, foram elaborados os questionários para a aplicação em diferentes faixas etárias e, por fim, reuniu-se todo o material para análise e construção dos resultados. Como resultado as expressões “amigo da onça” e “puxa saco” foram as mais conhecidas, todas as pessoas que responderam o questionário conhecem as expressões “Jiripoca vai piar”, “puxa saco” e “fazer uma vaquinha”, sendo que a expressão menos conhecida foi a

Para qualquer dúvida, envie um email para os autores

É proibida a reprodução, a distribuição, a transmissão, a exibição, a publicação ou a divulgação, total ou parcial, sem prévia e expressa autorização dos autores e a FEMIC – Feira Mineira de Iniciação Científica.


Coordenação geral: Fernanda Aires Guedes Ferreira
Vice Coordenação: Larissa Amaral Diniz Tomaz
contato@femic.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui